10 dezembro 2009

A questão climatérica e a Cimeira de Copenhaga

Não diria mais do que a Maria José Nogueira Pinto:


À semelhança do que acontece com outros problemas deste mundo global a questão climática só se poderá resolver através da construção de uma consciência planetária. Uma consciência que assuma o simples facto de a espécie humana não ter outro território próprio que não seja este planeta, interiorize o dever de o preservar para as gerações futuras e se disponha a rever padrões de produção e consumo que se tornaram insustentáveis. Parece-me que o primeiro passo deve ser no sentido de uma nova forma de ver as coisas - e é aqui que a Cimeira de Copenhaga pode ser determinante - que ultrapasse a simples dicotomia dos países ricos e pobres, de-senvolvidos ou em vias de desenvolvimento, poderosos ou não poderosos, predadores ou vítimas. Ora se o ponto central das negociações for, de facto, a construção de uma visão comum que estabeleça como deverá ser o mundo que queremos no futuro, então talvez se possa dar um salto qualitativo em termos de decisões e regras comuns que possam ir além dos meros acordos pontuais e das afirmações retóricas que habitualmente preenchem este tipo de encontros.

Urge a construção de uma consciência colectiva que tenha em vista a preservação do ambiente sempre com a mente num desenvolvimento sustentável essencial.

Violência na Escola

O caso da jovem de 14 anos do Montijo, que nos últimos dias se tem falado, vítima de bullying é um dos muitos casos de violência na Escola.
Longe vão os tempos de Escola dos nossos pais e avós em que eles próprios eram vítimas de uma certa (não diria violência) severa autoridade por parte dos professores. Na sociedade actual, temos vindo a assistir ao inverso. Nunca é demais recordar a entrevista que dei ao blogue Ágora em Abril do ano passado, pouco tempo depois do caso Carolina Michaelis, acerca da educação e do meio Escolar em Portugal. (
http://a-agora.blogspot.com/2008/04/acerca-da-educao.html)

Contudo, a violência aluno-aluno, denominada de bullying, não sendo tema central nesta entrevista apresenta-se agora como pertinente para falarmos do caso da menina do Montijo. O bullying acontece em meio escolar sobretudo quando temos em contacto grupos étnicos diferentes, quando alguém quer fazer valer uma certa superioridade rácica, ou seja, contra as minorias raciais e étnicas. Não raro assistirmos a estas situações de bullyng nomeadamente em escolas onde encontramos alunos de bairros sociais oriundos de famílias com laços desestruturados. De salientar ainda que estes casos são mais propícios em meio urbano. Todavia, não podemos generalizar e não são somente por estes motivos que acontecem casos de bullyng nas escolas, podendo também acontecer sobre indivíduos com personalidade frágil cujos colegas se aproveitam dessa fragilidade para gozar com esses indivíduos.
O bullyng é um tema que merece discussão atenta, talvez um dia volte a ele mais pormenorizadamente.

No que concerne ao caso da aluna do Montijo não sei muito bem em que pressupostos terá assentado tal violência exercida sobre ela. Mas vejamos que essa violência não foi somente física mas também psicológica. Pelo pouco que vi da notícia apercebi-me da mãe da jovem revelar da exposição que fizeram da filha na rede social "hi5".
Aí está um dos vários motivos pelos quais não sou adepta das redes sociais virtuais, não só pela perda do contacto social presencial mas também por esta exposição que o indivíduo faz da sua vida pessoal ou, neste caso em concreto, alguém faz uso dos dados pessoais de outrém e os expõe na internet.
Nessa mesma entrevista que dei sobre Educação eu avançava "A indisciplina na escola é de todos os tempos e, infelizmente, acontece com relativa frequência. Os estudos realizados não nos mostram variações na prevalência de casos de indisciplina ou mesmo violência escolar. As diferenças encontram-se na forma como as situações se manifestam e, actualmente, aparecem associadas às novas tecnologias o fenómeno de violência em contexto escolar. Através dos telemóveis, da Internet deparamo-nos com constantes insultos e ameaças de violência. O que está no centro da vida dos jovens são as telecomunicações e a Internet: há interacção, oferece-lhes recursos."

03 novembro 2009

Faleceu Claude Lévi-Strauss

Faleceu na passada madrugada de Sábado para Domingo, com 100 anos de idade, o antropólogo que mais ouvi falar e estudei no meu primeiro ano de Universidade, precisamente na disciplina de Antropologia Geral.




Lévi-Strauss foi um dos grandes intelectuais franceses do século XX e lançou as bases da Antropologia moderna. Foi o primeiro membro centenário da Academia Francesa, para onde entrou em 1973. E foi também um crítico do etnocentrismo e de algum modo um precursor intelectual do movimento ecologista.

Foi também o primeiro antropólogo na Academia Francesa, a cujas sessões se deslocava regularmente até há não muitos anos.

Filho de judeus franceses, nasceu na Bélgica, em 1908, mas mudou-se para França ainda em idade de estudar no liceu. Depois, na Sorbonne, em Paris, estudou Direito e Filosofia, tendo sido professor desta última disciplina no ensino secundário.

Em 1935 foi para o Brasil. Aceitou um lugar como professor de Sociologia na Universidade de São Paulo, onde começou a sua carreira de etnólogo. Naquela época, havia milhares de índios nos subúrbios da cidade, o que lhe permitiu dedicar os fins-de-semana à sua nova disciplina.

Partiu mais tarde para o Mato Grosso e a Amazónia, onde contactou muitas tribos. Depois também estudaria índios norte-americanos.

Em “As Estruturas Elementares do Parentesco”, sua primeira obra de grande projecção, publicada em 1949, forneceu um novo método de análise que se tornou comum a muitos antropólogos. A tese do livro é que o "parentesco" está no centro da Antropologia que estuda o homem na sua dimensão social. E aqui o parentesco é entendido como as regras de aliança, de filiação, de residência ou de perpetuação das populações.

A sua obra mais marcante, “Tristes Trópicos”, chegou em 1950. Trata-se de uma autobiografia intelectual que recebeu o Prémio Goncourt e teve êxito também junto de um público muito para além da comunidade científica. E, em 1958, Antropologia Estrutural abre o caminho ao estruturalismo, a nova corrente do pensamento de que foi o principal teorizador, aplicando ao conjunto dos factos humanos de natureza simbólica um método que procura as formas invariáveis existentes em conteúdos diferentes. No ano seguinte era titular da Antropologia Social no Collège de France, de onde se reformou em 1982.

Lévi-Strauss criticou também o aparecimento de uma corrente de pensamento humanista que secundarizou a natureza, tornando-se assim num precursor do movimento ecologista.

Numa entrevista em 2005, Lévi-Strauss disse: "Dirigimo-nos para uma espécie de civilização à escala mundial (...) Estamos num mundo a que já não pertenço. Aquele que conheci, aquele de que gostei, tinha 1500 milhões de habitantes. O mundo actual tem seis mil milhões de humanos. Já não é o meu."

Fonte: O Público

14 outubro 2009

Autárquicas 2009 - "Sempre por Vila das Aves"

As Autárquicas 2009 trouxeram resultados mais ou menos satisfatórios.

A Câmara Municipal de Santo Tirso ficou mais uma vez entregue ao Eng. Castro Fernandes do Partido Socialista o que me antevê mais 4 anos de marasmo neste concelho de si já bastante retrógado e pouco desenvolvido.

Para a Câmara Municipal obtiveram-se os seguintes resultados:
- PS - 47%
- PSD - 41%
- CDS-PP - 4%
-PCP-PEV - 3%


Já agora para a Assembleia Municipal:
- PS - 47%
- PSD - 40%
- CDS -PP - 5%
- PCP - PEV - 4%

Um resultado muito decepcionante para todos em especial para o João Abreu e a sua equipa que trabalharam arduamente em prol de um Santo Tirso melhor. Como eu havia dito anteriormente:
Se há quatro anos João Abreu tinha uma candidatura forte, hoje digo com toda a certeza: João Abreu tem uma candidatura fortíssima. E não digo isto só a nível da equipa que o acompanha, digo essencialmente pelos Programas por ele apresentados. O Programa de Apoio às Famílias (PROFAM), o Programa da Cultura, o Programa para a Juventude, o Programa para o Turismo, O Programa do Desporto, Lazer e Bem-Estar, O Programa da Educação, o Programa para o Emprego, Investimento e Inovação, todos eles são pautados por conteúdo temáticos ricos e que vão de encontro às necessidades primordiais e essenciais da população do nosso concelho.
O João Abreu e a sua equipa têm percorrido o concelho e a recepção por parte da população não podia ser mais calorosa. A população manifesta as suas preocupações e necessidades, João Abreu escuta e apresenta as suas ideias programáticas. João Abreu não baseia os seus discursos nem a sua campanha porta-a-porta em ataques descabidos à oposição, João Abreu não gaba"obra feita", João Abreu limita-se a apresentar as suas ideias para fazer de Santo Tirso um concelho melhor, um concelho desenvolvido que dê respostas a todos os níveis à população das 24 freguesias, um concelho onde valha a pena viver viver, um concelho que não repulse a sua população, um concelho onde párem de o acusar de "estar sempre na mesma, sempre no mesmo atraso", João Abreu PROMETE sim MUDAR SANTO TIRSO.
Para mim, que trabalhei como Secretária da Direccção de Campanha do João Abreu e que vivi tudo de muito perto, onde quase tudo passou pelas minhas mãos, devo dizer que a confiança entre nós vivida era grande! João Abreu merecia a vitória, nós mereciamos um Concelho melhor!
Contudo, nem todo o concelho viu as coisas dessa forma...


Aqui apraz-me elogiar e deixar um bem-haja ao povo de Vila das Aves. Eu não poderia estar mais orgulhosa do povo da minha terra! Finalmente o povo de Vila das Aves percebeu quem fala a verdade, percebeu quais as reais intenções de todos os candidatos e soube escolher o melhor para os destinos da sua Vila!

Para a Assembleia de Freguesia:
- PSD - 57%
- UPC - 19%
- PS - 18%
- PCP-PEV - 2%
Os Avenses não se deixaram enganar por movimentos independentes criados e incentivados por sabemos bem quem. Os Avenses sabem o esforço e dedicação de Carlos Valente por esta vila, o amor pela nossa terra! E sabem as dificuldades que tem passado à conta da gestão camarária liderada pelo Eng. Castro Fernandes e aderiram ao apelo de colocar o PSD nos destinos do concelho. Daí Vila das Aves ter apresentado os seguintes resutados:

Para a Assembleia Municipal:
- PSD - 49%
- PS - 39%

Para a Câmara Municipal:
- PSD - 48%
- PS - 43%


Obrigada Vila das Aves pelos resultados nas Autárquicas!!!

21 setembro 2009

Dia Mundial da Doença de Alzheimer

O conjunto de 35 milhões de pessoas que actualmente sofrem da doença de Alzheimer pode quase duplicar a cada 20 anos, concluiu um estudo do King´s College of London, publicado esta segunda-feira em que se assinala o Dia Mundial do Alzheimer.

Esta doença cada vez mais avassaladora no nosso século atinge milhões de pessoas em todo o mundo. Portugal não foge à regra e há já um número assinalável de pessoas atingidas por esta doença.
Quem tem um familiar vítima desta doença sabe bem o quão complicado é viver e conviver com uma pessoa assim, o quanto frustrante é querer ajudar e não haver como.

Algumas conclusões do Estudo:

- Os custos que suportam os pacientes de demência são não apenas uma questão social, mas uma questão económica, que aumentam a carga que recai sobre a população economicamente activa e sobre os sistemas de saúde, diz o relatório.

- «O actual investimento em investigação, tratamento e cuidados é, na verdade, bastante desproporcional ao impacto geral da doença sobre os pacientes, os seus enfermeiros e os terapeutas, nos sistemas sociais e de saúde e sobre a sociedade», disse o psiquiatra Martin Prince.

- O relatório recomenda à Organização Mundial de Saúde (OMS) que declare a demência como uma prioridade no campo da saúde e ainda um aumento no investimento em investigações para tentar encontrar a cura, ou novos tratamentos para a doença, que até hoje não tem cura e da qual se desconhece a origem.

19 setembro 2009

Jantar das Mulheres pela Mudança


São esperadas hoje cerca de 1200 Mulheres num Jantar de apoio à Candidatura do João Abreu! Fenomenal!

16 setembro 2009

Psicolaranja: 3 anos de existência

O blogue PsicoLaranja comemora hoje o seu terceiro aniversário!

Visitem:

14 setembro 2009

Gato Fedorento de volta!













Com João Abreu "Santo Tirso Muda de Vida"

É sob este desígnio que João Abreu apresenta a sua candidatura à Câmara Municipal de Santo Tirso. Com uma equipa forte e experiente com provas dadas em diversos domínios profissionais, sociais e políticos, João Abreu e a sua equipa emanam confiança e optimismo por onde quer que passam.
Se há quatro anos João Abreu tinha uma candidatura forte, hoje digo com toda a certeza: João Abreu tem uma candidatura fortíssima. E não digo isto só a nível da equipa que o acompanha, digo essencialmente pelos Programas por ele apresentados. O Programa de Apoio às Famílias (PROFAM), o Programa da Cultura, o Programa para a Juventude, o Programa para o Turismo, O Programa do Desporto, Lazer e Bem-Estar, O Programa da Educação, o Programa para o Emprego, Investimento e Inovação, todos eles são pautados por conteúdo temáticos ricos e que vão de encontro às necessidades primordiais e essenciais da população do nosso concelho.
Aconselho vivamente a consulta destes Programas através so site do João Abreu www.joaoabreu.com ou o levantamento dos mesmos na sua Sede de Candidatura sita na Rua Francisco Sá Carneiro em Santo Tirso.

O João Abreu e a sua equipa têm percorrido o concelho e a recepção por parte da população não podia ser mais calorosa. A população manifesta as suas preocupações e necessidades, João Abreu escuta e apresenta as suas ideias programáticas. João Abreu não baseia os seus discursos nem a sua campanha porta-a-porta em ataques descabidos à oposição, João Abreu não gaba"obra feita", João Abreu limita-se a apresentar as suas ideias para fazer de Santo Tirso um concelho melhor, um concelho desenvolvido que dê respostas a todos os níveis à população das 24 freguesias, um concelho onde valha a pena viver viver, um concelho que não repulse a sua população, um concelho onde párem de o acusar de "estar sempre na mesma, sempre no mesmo atraso", João Abreu PROMETE sim MUDAR SANTO TIRSO.
Mais um momento do auge desta campanha teve lugar dia 11, 6ª feira passada, em Santo Tirso com a apresentação de todos os Candidatos às Assembleias de Freguesia do nosso concelho, novamente foi apresentada a Lista à Assembleia Municipal encabeçada pelo Paulo Ferreira, homem com provas dadas em Santo Tirso, e como não poderia deixar de ser, a apresentação da Lista à Câmara Municipal liderada por João Abreu.
Foi um momento de grande mobilização social, uma massa humana fantástica encheu a Praça Conde S. Bento e o espaço envolvente.

Santo Tirso e as 24 Freguesias estão incondicionalmente com João Abreu!

13 setembro 2009

Carlos Valente "O nosso Presidente"

Teve lugar no passado dia 10 do corrente mês, a apresentação pública da Lista do PPD/PSD à Assembleia de Freguesia de Vila das Aves liderada pelo já tão nosso conhecido Carlos Valente. Aquele que é e será o nosso Presidente, o Presidente de todos os Avenses, apresentou a equipa que o acompanhará por mais quatro anos ao serviço das ansias da população de Vila das Aves.
A dita apresentação da Lista teve como palco o Cine-Aves. Com uma entrada magnífica e uma sala replecta de gente, Carlos Valente viu demonstrada mais uma prova de apoio e confiança dos Avenses. O entusiasmo e apoio do público presente foi exuberante e Carlos Valente não poderia estar mais contente.

Carlos Valente, enquanto Presidente do Executivo da Junta de Freguesia, e a suas equipas têm já provas dadas na conquista de bens e património de inigualável importância para a nossa terra, senão vejamos mais recentemente a aquisição de uma parte da Quinta dos Pinheiros e no dia 10 deste mês as Termas do Amieiro Galego. Foi uma conquista notória para a população de Vila das Aves!

O Executivo liderado por este homem ao longo de oito anos tem dado provas de empenho e trabalho em prol da população da nossa vila. Mais não fez porque não consegui devido a forças externas ditas camarárias que em braço de ferro com Carlos Valente sempre foram impedindo que mais conquistas e apoios se dessem para Vila das Aves.

No entanto, o que temos vindo a assistir é a uma ânsia de poder insaciável para conquistar a Junta de Freguesia local. Surgiu uma candidatura Independente, cujo "mandatário oculto" (se assim me permitem chamar) sabemos muito bem quem é, ou seja, todos desconfiamos quem esteja por trás deste avanço da candidatura de Joaquim Pereira à Junta de Freguesia de Vila das Aves. Mas acredito vivamente que os Avenses não se vão deixar enganar por uma candidatura falsa e hipócrita, nem se vão iludir por outdoors de grande dimensão e impacto visual. Pois sabem que não é por aí que se faz política, nem é por aí que se vão dar provas de que sabem do que realmente são as preocupações e necessidades dos Avenses.
Assistimos ainda a uma candidatura socialista empobrecida, liderada por alguém que quase ninguém conhece e que não tem provas dadas no domínio político, já para não falar que quem o conhece minimamente sabe que ele não tem grande capacidade de comunicação.


Acredito muito nos Avenses e acredito que no dia 11 de Outubro vão escolher para os representar aqueles que verdadeiramente se preocupam com os seus anseios, aqueles que já deram provas de empenho e trabalho para com os Avenses e que continuarão a trabalhar com "Vila das Aves sempre em primeiro"!

11 setembro 2009

Junta de Freguesia conquista Termas do Amieiro Galego


Ontem no Tribunal de Famalicão ficou decidido: as Termas do Amieiro Galego ficarão a cargo da Junta de Freguesia de Vila das Aves. Uma conquista notável para a população de Vila das Aves e mesmo para o concelho de Santo Tirso!

10 setembro 2009

Benfica 9º melhor do Século XX



Benfica é o 9º melhor clube europeu do Século XX, anunciou hoje a Federação Internacional de História e Estatística do Futebol.


(Apesar de andar afastada da blogosfera, há marcos que são dignos de registo).

18 junho 2009

Marilyn Manson no Coliseu do Porto


Um sonho de há anos concretizado: esta noite assisti ao concerto de Marilyn Manson no Porto e devo dizer que foi espectacular! Apenas soube a pouco.

01 março 2009

IIª Jornadas Eurico de Melo


É com enorme satisfação que venho por este meio convidá-la(o) a participar nas II Jornadas Eurico de Melo, que terão lugar no próximo dia 07 de Março, pelas 15 horas, no Hotel Cidnay, na cidade de Santo Tirso. Esta iniciativa da responsabilidade da Comissão Política de Secção da JSD de Santo Tirso, na sua segunda edição dedicada ao tema “Os jovens e a política”, contará com a presença do Dr. João Abreu, como moderador, e dos conferencistas Dr. Pedro Passos Coelho, ex-Presidente da CPN da JSD e actual membro do Conselho Nacional do PSD e Dr. Carlos Abreu Amorim, jurista e professor universitário.


05 fevereiro 2009

Certamente, Scolari!

Se havia quem não percebesse as opções de Scolari, eu não percebo as opções de Queiróz...

26 janeiro 2009

Criminalidade juvenil violenta a aumentar

Todos os dias nos apercebemos que, em todo o país, há um tipo de criminalidade violenta que está a florescer. A crise económica influencia evidentemente este fenómeno. Mas não é a única justificação. A própria resposta da Justiça deve ser pensada ao nível da criminalidade juvenil. Temos uma função repressiva e o problema que estamos a assistir é a uma explosão de jovens a praticar crimes com um sentimento de alguma impunidade. Sem pôr culpas a ninguém, questiono se temos um sistema adequado em termos de jurisdição de menores a trabalhar esta realidade antes da prática deste tipo de crimes? Por regra, antes deste tipo de crimes há pequenos delitos e sinais de desestruturação social. A explosão da criminalidade é a criminalidade juvenil.

Temos cada vez criminosos mais jovens. Muitos deles sem antecedentes. Para a PJ, torna-se complicado porque, não havendo referências anteriores, o trabalho é iniciado do zero. Muitos roubos são feitos em cima do joelho, sem planeamento. As últimas detenções são de gente muito nova. Os clássicos criminosos, com antecedentes criminais e mais violentos, na zona do Norte, estão presos. Temos assistido a assaltos de um nível mais baixo, de restaurantes, de farmácias, de CTT, que antes seriam vítimas de furtos mas não roubos [com violência]. Está-se a assistir a uma explosão de criminalidade violenta, mas ao mesmo tempo em termos de quantitativos são muito pequenos. É quase o sustento para o dia-a-dia...

Entra também o desemprego. Pessoalmente, penso que também entra a forma como foram construídos e delimitados alguns bairros sociais. A polícia de proximidade tem alguma dificuldade em ter acesso a eles. Aquando da construção não se pensou na segurança nem na facilidade com que a polícia pode intervir. Foi um período histórico em que se tentou resolver o problema da habitação, mas acabou por transformar-se em guetos . Aí, as referências são elementos que exibem carros e dinheiro, apesar de terem problemas de famílias desestruturadas, e não encontram outras referências sociais.


Director da Polícia Judiciária, João Batista Romão no Jornal de Notícias

15 janeiro 2009

Escola inclusiva ou exclusiva?

"A "escola inclusiva" criou assimetrias sociais tremendas e converteu os filhos dos pobres em bodes expiatórios".

Helena Matos

Até que ponto a escola faz uma devida inclusão dos seus alunos? A escola inclui os alunos provenientes de famílias com escasso capital económico e cultural da mesma forma que inclui os alunos mais abastados económica e culturalmente? Os alunos das minorias étnicas e culturais, não serão eles excluidos pela cultura dominante com consequências no meio escolar?

A inclusão/exclusão na escola é um tema o qual prometo falar mais tarde com destaque para a educação multicultural, ou seja, no que concerne à inclusão e integração das minorias étnicas na escola.

14 janeiro 2009

Certificado de Qualidade para os Bombeiros de Vila das Aves

Os Bombeiros de Vila das Aves receberam da SGS ICS, o maior organismo mundial de certificação, o Certificado de Qualidade ISSO 9001. Trata-se do primeiro corpo de bombeiros a receber esta certificação a nível nacional.

Fundada em Julho de 1977, a Associação Humanitária dos Bombeiros de Vila das Aves tem no seu activo além do Comando, 80 bombeiros e 37 bombeiras num total de 117 elementos.

De salientar que a associação humanitária "irá construir a médio prazo uma clínica para Cuidados Continuados e Termas, aproveitando assim as águas sulfurosas do Amieiro Galego para tratamento da pele e para gabinetes médicos e de especialidade.

EntreMargens

12 janeiro 2009

Cristiano Ronaldo: o melhor jogador do mundo 2008!


Depois de em 2008 ter ganho o campeonato inglês e a Liga dos Campeões (pelo Manchester United), assim como a Bota de Ouro e a Bola de Ouro (a nível individual), eis que hoje Cristiano Ronaldo é nomeado o melhor jogador do mundo 2008 pela FIFA.

Temas da actualidade (VIII): Idosos vítimas de maus-tratos

Em Vieira do Minho, estão a ser dados os primeiros passos para trazer a questão dos maus tratos a idosos para a praça pública com a criação, há poucas semanas, do centro de atendimento a idosos vítimas de maus-tratos.

Este é um fenómeno "assustador que infelizmente, vai sendo tolerado pelas pessoas e agentes no terreno". O psicólogo dá vários exemplos de "maus tratos gerais" feitos aos mais velhos: "eu tenho duas pastas completas com pedidos de pessoas para virem para a Misericórdia e não há respostas sociais, não há lares. Há é um abandono total por parte dos políticos".

A primeira utente do centro de atendimento foi sinalizada por uma vizinha. Tem 90 anos, mora numa freguesia próxima do centro de Vieira do Minho. Não sabe ler nem escrever. "Toma conta dos, alegadamente, netos toxicodependentes. Roubam-lhe a reforma e batem-lhe. A senhora tem medo de ir para casa". Gente desprotegida que precisa de alguém que os ajude "até porque estão emocionalmente debilitados".

As questões de dinheiro, de partilhas e de heranças, os problemas demenciais e físicos são os motivos principais para os maus tratos. "Há um senhor que vai ao notário para tratar dos seus bens. Não sabe ler nem escrever e confia no notário que não se portou bem. Foi a sua sentença de morte porque é todos os dias ameaçado pelos familiares". Por isso, para Tito Peixoto "é importante que a metodologia adoptada dê respostas a quem procuro o centro, prestando apoio psicológico para que as pessoas se sintam bem e mantendo o anonimato".

Um dos papéis fundamentais vai ser atribuído às equipas de apoio domiciliário: "poderão ser a primeira linha na detecção e sinalização de casos". Para o psicólogo, os idosos, ainda encaram os maus tratos com "vergonha" e é preciso, por isso, "despertar as vítimas porque esta realidade deveria ser uma vergonha social para todos nós e não para as vítimas".

[Jornal de Notícias]

Ler também:
http://sociologavense.blogspot.com/2008/11/violncia-dos-filhos-sobre-os-pais.html

11 janeiro 2009

09 janeiro 2009

O Magalhães

"José Sócrates tem um, os seus assessores têm um, todos os chefes de Estado da América Latina têm um. Em Portugal quase 200 mil crianças já pagaram e ainda não têm o Magalhães."

Censura electrónica?

Está a nevar em Vila das Aves!






















08 janeiro 2009

Pobreza económica ou pobreza de espírito?

A pobreza é um fenómeno demasiado complexo e que urge uma explicação muito elaborada. O conceito de pobreza é visivelmente identificado como sendo uma situação de necessidades materias, isto é, pelo seu lado económico. Todavia, a ela acorrem também elementos de ordem psicológica, social, cultural, espiritual, etc. No entanto, aqui focar-nos-emos na pobreza apenas nas suas dimensões de necessidade material (uma situação de privação de bens e serviços necessários) e de circunstâncias económicas com a consequente falta de recursos.

Deixemo-nos de definições e teorizações e passemos de facto à mensagem que me incubo de apresentar. Estes dias dei por mim a pensar, através de informações que vou recebendo de diversos meios e de situações com que me fui deparando na minha curta vida profissional, em determinadas ocorrências do quotidiano familiar e social de certos indivíduos a quem a pobreza vai atingindo. Contudo, estou em crer que mais que uma pobreza a nível material (que não nego que a tenham) a muitos indivíduos aparentasse-lhes uma pobreza de espírito.

Ainda assistimos hoje a famílias nuclear-conjugais que têm diversos filhos e cujos recursos económicos não lhes permitem ter uma habitação devidamente decente para uma vivência dentro da normalidade. Deparamo-nos com irmãos de sexo oposto a dormirem juntos, filhos a dormirem com pais até uma tenra idade, situações estas pautadas de uma vulnerabilidade económica e, não raro, uma consequente vulnerabilidade social. Muitas vezes tal ocorre por habitarem em casas degradas, cujo número de divisões não permite albergar devidamente os indivíduos. No entanto, muitas vezes tal deriva da própria opção dos pais que não se incomodam e até apoiam que irmãos e irmãs durmam juntos ou que os mesmos durmam com os pais, começando desde novos a assistirem a relações sexuais dos seus pais, a tentarem descobrir e explorar a sua sexualidade com os irmãos pois assistem a toda uma promiscuidade familiar. Aqui falo de pobreza de espírito.
Recordo aqui como exemplo uma casa que percorri no meu trabalho de rua no meu anterior emprego em que num T3 viviam 11 pessoas, um casal com 4 filhos, 4 sobrinhos e um senhor idoso. Recordo-me de outra casa onde nos quiseram mostrar a sua habitação T3, muita pequena, onde nem sequer existiam portas que fechassem as divisões pondo a família numa vivência de promiscuidade. Mas aqui também lhe chamo pobreza de espírito pois denotava-se, pela linguagem dos filhos, o ambiente familiar mentalmente decadente.

Não me alongarei mais, objectivei apenas aqui deixar uma mensagem e alguns exemplos. Apelar à atenção das pessoas para o que vai acontecendo na vida real e com o que não nos parecemos importar. Temos que combater estas situações de "pobreza", resta saber como...

Joaquim Pereira candidato à Junta?

Depois de José Graça avançar como candidato independente à Câmara Municipal de Santo Tirso, certamente com um incentivo do Eng. Castro Fernandes com o intuito de tirar votos ao PSD, eis que aqui por Vila das Aves se especula que Joaquim Pereira (actual vice-presidente do C.D. Aves) possa candidatar-se à Junta de Freguesia. Pelo PP ouvi eu dizer há já alguns meses. Como Independente soou-me aos ouvidos esta semana. Será também mais uma manobra de Castro Fernandes para tirar votos ao PSD uma vez que o sr. Pereira já vez parte de um executivo PSD relativamente recente?

07 janeiro 2009

Para não dizerem que a mulher não fala...




Manuela Ferreira Leite desafiou o Primeiro-Ministro para um debate público sobre a crise e política económica.

06 janeiro 2009

Uma mudança de paradigma para Portugal

Feito o balanço do ano terrível de 2008, é o momento de reflectirmos sobre o que aí vem - ou nos parece que vem, porque as previsões são falíveis - em 2009. 2008 foi terrível por efeito do colapso do neoliberalismo (de consequências tão sérias como o colapso do comunismo), que conduziu à grande crise global do capitalismo financeiro-especulativo e ao descrédito ético, político e económico do sistema em que temos vivido, no Ocidente, na última década ou talvez um pouco mais...

Mas foi também um ano de mudança, porque temos de procurar um novo paradigma, visto que, manifestamente, o que tínhamos não serve. Trouxe corrupção, numa escala nunca vista, falências, desconfiança, desemprego, desigualdades, mais pobreza, e quem sabe se trará ainda revoltas, fruto do descontentamento...

Na América, foi eleito um novo Presidente da República, que despertou uma luz de esperança. Mas que, quando se candidatou, parecia impossível vir a ser ganhador: Barack Obama. Por ser afro-americano, jovem, quase desconhecido, sem grande experiência. Mas foi eleito exactamente por isso. Por ser diferente, não pertencer ao establishment e querer convictamente a mudança, ou seja, uma ruptura com o passado.

[Mário Soares]

Portugal também precisa de mudança, de mudança de paradigma. Mudança de rostos, mudança de políticas. Portugal enfrenta uma grave crise e que se acentuará no presente ano. Precisamos de uma mudança de paradigma... O que fazer para mudar o paradigma? Agora lembrei-me de Kuhn e a revolução proposta por ele no debate epistemológico. Com base nas teorias de Kuhn poder-se-á dizer que um paradigma que é aceite pela comunidade é aquele que é capaz de proceder a aplicações e à resolução de problemas previstos ou previsíveis no âmbito paradigmático. Tentamos remeter este discurso e consequentes efeitos para o âmbito da política: É isto que Kuhn chama a ciência normal (aqui falemos em política) e que os cientistas (políticos) fazem todo o possível por manter. Todavia, quando o paradigma adoptado não suporta mais o confronto entre anomalias (a crise e os seus efeitos negativos: falências, desconfiança, desemprego, desigualdades, mais pobreza, etc.) é que eles se predispõem a procurar outro paradigma.
Assim se abre um período de crise (pelo qual estamos nós a passar) que será resolvido por uma revolução científica (precisaremos nós, Portugal, de uma revolução política?), com a instauração de um novo paradigma e o regresso a uma situação de ciência normal (governação normal).

Conclusões: Portugal precisa de uma mudança de paradigma, Portugal precisa de uma nova governação, Portugal precisa de uma nova cara à frente dos seus destinos, Portugal precisa de mudança!

Sem palavras...


Arquivo do blogue